• Alimentação Saudável para Crianças

Alimentação saudável para crianças

Eu passei a me preocupar mais com alimentação saudável após me tornar mãe. Mas passar hábitos saudáveis para meu filho só não tem sido difícil por que eu tive estes hábitos durante a minha infância. Posso dizer que minha mãe me ensinou hábitos saudáveis ou ainda a comer alimentos que de fato faz bem.

Infelizmente se você não teve uma alimentação adequada e saudável na infância (e consequentemente não tem ainda) terá um trabalho árduo para conscientizar seu filho e até mesmo toda sua família. É necessário salientar que não é durável um hábito que seja aplicado apenas para um ente da família. É necessário que todos adquiram novos hábitos.

Como ensinar hábitos alimentares saudáveis?

Atualmente as informações sobre alimentação saudável estão muito acessíveis. E estou me referindo a alimentação para bebês, que estão na introdução alimentar.

Tudo é mais duradouro se começado no começo da vida. Por isso é importante que hábitos saudáveis sejam implantados assim que a criança começa a comer alimentos sólidos. É neste momento que você vai decidir o que ela vai comer, e assim construindo o paladar do seu filho.

Quais os hábitos iniciais?

Quais os hábitos iniciais?

O período de introdução alimentar da criança não dura apenas 30 dias, ele dura até aproximadamente 2 anos de idade ou até um pouco mais. Isso por que o paladar da criança, que antes era “virgem” para este tipo de alimento, leva tempo para se adaptar aos novos sabores. E é justamente nesta fase crucial que certos alimentos devem ser evitados.

Açúcar após os 2 anos

Açúcar e alimentos condimentados (enlatados) são proibidos antes dos 24 meses. E quando falamos de açúcar estamos nos referindo à refrigerantes, bolos açucarados (aniversário), biscoitos recheados, sobremesas doces etc. Dentre os enlatados incluem as salsichas, presuntos, alguns queijos, maionese etc.

Fruta ao invés de suco

Na fase de introdução alimentar fui indicada pelo pediatra do meu filho a oferecer fruta ao invés de suco. E o motivo era simplesmente educacional. Com o hábito de ingestão de frutas ao invés do suco delas as crianças absorvem mais o hábito de ingestão de frutas e ainda não confundem matar a sede com suco ao invés de água. Na verdade, esta teoria também considera o conceito de gerar o hábito de beber água.

Minha experiência

Meu filho tem 4 anos e segui todas as dicas que escrevo. Posso dizer que vale muito a pena gerar um hábito de alimentação saudável no seu filho. Atualmente meu filho come doces, em horários que é liberado. Mas há certos alimentos como refrigerante, que não chamam a atenção dele.

Espero que este artigo contribua de alguma forma para gerar um hábito de alimentação saudável na sua família e principalmente nos seus filhos! Se você gostou ou deseja compartilhar algo, conte nos comentários!

Hellen Xavier Manso é mãe do Estêvão de 4 anos, esposa, arquiteta e autora do blog Integralmente, mãe. Neste espaço ela compartilha seus conhecimentos a implantação de hábitos de alimentação saudável na sua família. Vamos acompanhar?